Exemplo de monografias

Neste texto você vai encontrar:

- Exemplo de monografia
- Definição de monografia
- Dicas para monografia
- Elementos textuais

Meu amigo, não tem jeito...se você quer mesmo se formar, terá que passar pelo temido TCC e, consequentemente, a Monografia.

Monografia pode ser definida como uma dissertação sobre um determinado ponto particular de determinada ciência, objeto, arte, manifestação, localidade,  assunto ou  assuntos relacionados. A monografia, que por via de regra é desenvolvida por uma pessoa, é tida como o principal tipo de texto científico.

É difícil passar por uma experiência dessas sem surtar, principalmente porque a primeira monografia é uma espécie de rito de passagem do desengonçado e irresponsável adolescente vida boa para o homem em busca de uma vaga no mercado de trabalho.
Dica importante de monografia (experiência própria): Desenvolva sua monografia com cuidado e máximo primor. Pois ela não é apenas mais um trabalho escolar. No futuro, a sua monografia pode servir de referência de pensamento e síntese, além de abrir portas de boas universidades para uma boa graduação, quando bem desenvolvido.

Em muitos cursos de graduação no Brasil, a monografia é apontada como trabalho de conclusão, especialmente para aqueles de caráter científico ou humanístico. Ao contrario das dissertações de mestrado e doutorado, a monografia não precisa ter um tema estritamente inédito.

Procurando no dicionário Aurélio, encontramos a definição de que “a monografia é um estudo minucioso a fim de esgotar determinado tema relativamente restrito”.
Mas desenvolver uma monografia não é simplesmente sair escrevendo tudo o que se sabe sobre determinado assunto. Existem regras específicas, determinadas de acordo com seus propósitos. Para complicar a vida do pobre acadêmico, a monografia é construída a partir de inúmeras regras que “visam basicamente o melhor tratamento da idéia ou assunto tratado assim como também gerar certa homogeneidade em relação à metodologia utilizada para sua criação”. Quem aí nunca ouviu falar da odiada ABNT?

Para fazer sua monografia, você precisa ficar atento aos elementos textuais, que são dados do trabalho científico que se distinguem dos não-textuais. Ou seja, para cada detalhe há uma regra, mesmo para: Formatos de capa, folha de rosto, dedicatória, resumo, sumário... tudo milimetricamente  padronizado, para a sua desgraça, segundo normas, que tem na mais popular e predileta dos mestres e professores, a ABNT.

O corpo do texto propriamente dito pode ser dividido em três partes: Introdução, Desenvolvimento e Conclusão.

Na Introdução começa a sua lamentação, é lá que deve entrar a indicação dos objetivos ou problema (hipótese, delimitação ou contextualização da área de estudo), a identificação das disciplinas científicas ligadas ou os sistemas teóricos no qual se enquadram os seus objetivos de problema da monografia (traduzindo: você está ferrado). A justificativa, os especiais aspectos éticos e relevância do tema pesquisado devem ser mencionados.

No desenvolvimento, parte mais relevante do estudo, o bicho pega de verdade. Aqui você deve dividir tudo em tópicos, e esqueça usar algum talento literário por aqui na tentativa de alcançar o estado da arte no tema. Você conseguirá apenas ser ridicularizado pela sua banca examinadora na frente da sala, enverginhando seu pobre professor orientador. O que você precisa fazer aqui é uma meta-análise ou revisão sistemática de literatura caso explicite critérios para localização e seleção dos estudos relevantes. Os critérios de uma revisão sistemática podem ser considerados aspectos metodológicos, ou seja, integrante regras de análise lógica que a monografia adotou para chegar a uma conclusão. O trabalho de conclusão de curso (TCC), ao contrário da tese de doutorado, não exige uma descrição detalhada do desenho ou estratégia de investigação e identificação de variáveis.

As Considerações Finais, a conclusão da análise, descrição e avaliação devem necessariamente remeter-se a idéia principal, recapitulando todosos tópicos do desenvolvimento.

Ou seja: você não tem saída e está ferrado.

Pra te ajudar, coloquei aqui um exemplo de monografia que está livre na internet para te ajudar nessa hora de aperto e desespero. Boa sorte!

3 comentários
  1. Posted by educação ambiental e coleta seletiva na escola
  2. Posted by elieth
  3. Posted by MARIA DE FATIMA FERREIRA